Conselho Municipal de Juventude debate políticas de acesso à habitação
04-05-2018
As políticas da cidade de acesso à habitação foram o tema em debate na última reunião do Conselho Municipal da Juventude. O encontro, realizado ontem na empresa municipal Domus Social, contou com casa cheia.



Representantes de associações juvenis, do Ensino Superior e de organizações públicas e privadas com atribuições na temática da juventude, bem como de várias forças políticas com assento na Assembleia Municipal, compuseram uma plateia interessada.



Para o encontro, Catarina Araújo, vereadora da Juventude e Desporto da Câmara do Porto, que preside a este Conselho, convidou os responsáveis pelos pelouros da Habitação e Coesão Social, Fernando Paulo, e do Urbanismo, Pedro Baganha. Esta presença do Executivo permitiu uma exposição abrangente das medidas que o Município tem pensadas em matéria de habitação, território e urbanismo. O plenário apresentou, por seu turno, um conjunto de interessantes contributos que permitiram um salutar e muito participado debate.



A reunião do Conselho Municipal de Juventude decorreu no âmbito das competências previstas no seu Regulamento e na Lei de promoção do debate e da discussão de matérias relativas à política municipal de juventude.
Foi precedida de uma visita às instalações da Domus Social, responsável pela gestão do parque de habitação pública municipal do Porto.



Órgão consultivo da Autarquia, o Conselho Municipal da Juventude assume, como principal premissa, o direito de participação de auscultação e de intervenção dos jovens da cidade através das suas associações, a promoção e a participação cívica juvenil. A partir desta dinâmica, o Município procura integrar as contribuições dos jovens na definição das políticas de juventude do concelho.
< voltar