Porto foi à Bienal do Património
24-09-2018

A Câmara do Porto esteve presente na 2.ª Bienal Europeia de Património, em Cahors, França, através da participação da Domus Social. A empresa municipal apresentou a sua experiência de intervenção na reabilitação do património localizado no Centro Histórico do Porto, no painel sobre Patrimoine au Service de la Reconquête des Centralités (O Património ao Serviço da Reconquista da Centralidade), que decorreu dias 6 e 7 deste mês.


A intervenção foi integrada na sessão "Savoir-Faire du Territoire" e teve particular enfoque na reabilitação do edifício localizado na Rua Dom Hugo 8 e 10, projeto que é parte integrante do programa europeu ENERPAT - Cocriação de soluções territoriais energeticamente eficientes de Eco Renovação do habitat residencial Patrimonial dos centros históricos. 

Também Pedro Baganha, vereador da Câmara do Porto com o Pelouro do Urbanismo e do Espaço Público e Património, apresentou as "Políticas e Estratégias de Intervenção para a cidade do Porto", integrando-as nos desafios que as cidades contemporâneas, nomeadamente portuguesas, enfrentam atualmente, num painel subordinado ao tema Les Coeurs de Villes Durables (O Coração das Cidades Sustentáveis). 

Este encontro contou com a presença de diversos especialistas e decisores políticos europeus que debateram questões relacionadas com a intervenção nos centros históricos. 

A bienal, sob o título genérico Patrimoines 3.0 - Reconquête des Centres Anciens et Filières d'Avenir (Património 3.0 - A Reconquista dos Centros Antigos e Caminhos para o Futuro) decorre entre 5 e 29 de setembro, em diversas cidades da Área Metropolitana de Toulouse e surge integrada no Ano Europeu do Património Cultural.